Ecoturismo

Ecoturismo

Passear, conhecer lugares maravilhosos onde a natureza predomina e além de tudo cuidar do meio ambiente. Não é fantástico poder fazer tudo isso ao mesmo tempo??? Pois é essa a proposta do turismo ecológico ou ecoturismo, segmento do turismo que utiliza o patrimônio natural e cultural de forma sustentável, prioriza a conservação do meio ambiente e busca a formação de uma consciência ambientalista.

Seus fundamentos básicos são a educação, conservação e sustentabilidade, assim, traz contribuições significativas para o bem-estar ambiental, social, cultural e econômico das comunidades envolvidas.

Como surgiu

O ecoturismo surgiu a partir de um movimento ambiental mundial no final de 1970, em resposta às preocupações com a degradação do meio ambiente relacionado ao desenvolvimento econômico e às questões sociais provocadas pelo turismo em massa sem a devida conscientização ambiental.

No Brasil, o conceito foi introduzido pelo EMBRATUR em 1985 através do Projeto Turismo Ecológico. Dele surgiu, dois anos depois, a Comissão Técnica Nacional relacionada ao turismo, a primeira iniciativa com intenção de regulamentar o segmento. Através dessa comissão também surgiram os primeiros cursos para guias especializados. Em 1994, com a publicação das Diretrizes para uma Política Nacional de Ecoturismo, o turismo ecológico passou a ser conceituado e denominado como Ecoturismo.

Importância Além do principal benefício de conservação do meio ambiente, existem outros tantos que fazem esse tipo de turismo ser realmente um diferencial: proporciona empregos e renda para a população local; proporciona educação ambiental para visitantes encorajando também a melhoria da preservação ambiental e do patrimônio; proporciona mais investimentos em hotéis e instalações de alojamento de modo geral, restaurantes, serviços de alimentação, sistemas de transporte, produção de artesanato, serviços guia, etc.

Tipos de Ecotursmo Segue alguns tipos de prática do ecoturismo para você verificar qual mais combina com você:

Bóia-Cross: o praticante desce as corredeiras sentado na bóia ou de peito sobre ela. A melhor opção é ir deitado de bruços, mais fácil para remar e direcionar a câmara-de-ar desviando de pedras. Assim como no rafting, no bóia-cross é necessário informar-se sobre a classificação das corredeiras dos rios.

Canoagem: pode ser praticada em águas calmas, no mar ou em corredeiras de rios.

Rapel: é a descida de paredões, abismos e cachoeiras, com o auxílio de cordas.

Cavalgada: é um meio eficiente de percorrer longas distâncias e atingir regiões cujo terreno apresenta obstáculos.

Ciclismo: aproveitando a prática do esporte em ambiente natural. Voo livre: para essa prática é fundamental a checagem dos equipamentos, que devem seguir normas de segurança, das condições climáticas e da experiência do piloto, o que requer um curso especializado.

Canyoning: é a exploração de cânions usando técnicas de escalada.

Trekking: são as caminhadas com objetivo de desbravar lugares selvagens, cruzando florestas, rios, montanhas e dunas de areia. Exige planejamento e, muitas vezes, a companhia de guias experientes.

Ecoturismo no Brasil e no Mundo Pela variedade de paisagens que apresenta, o Brasil é um dos lugares do mundo mais procurado para prática do Ecoturismo. Você pode conferir a lista completa aqui.

Também há muitos lugares pelo mundo

Curiosidade

O Dia do Turismo é promovido pela Organização Mundial do Turismo - OMT - desde setembro de 1979, quando uma Assembleia Geral da entidade decidiu que 27 de setembro seria celebrado com um tema diferente a cada ano. O dia escolhido coincidiu com o 9º aniversário da adoção dos estatutos da OMT, ocorrida em 1970, considerada um acontecimento de suma importância para o turismo mundial. (fonte: Guia dos Curiosos)

Dicas para o Professor Que tal organizar uma aula diferente com seus alunos levando-os para praticar ecoturismo? Mesmo que seja por um período curto de tempo, você poderá mostrar na prática como ele funciona e sua importância. Além disso também estimula a capacidade de planejamento e a organização por parte dos alunos.

Em nosso site você também poderá encontrar atividades que vão estimular a curiosidade dos alunos para explorar esse tipo de turismo. Bom trabalho!