Festas Populares

Festas Populares

Festa, cultura e diversão… Assim são as festas populares que acontecem em muitas regiões do Brasil e também pelo mundo afora.

A principal característica dessas festas é a demonstração dos aspectos culturais de uma região com a participação de um número maior de pessoas. Acontecem ao ar livre, nas ruas, praças ou estádios, envolvendo muitas vezes uma cidade inteira. São marcadas também pela demonstração das tradições regionais, rituais religiosos, comidas, músicas, danças e roupas típicas.

Como nestas festas há muita diversidade e riqueza de cultural, vale a pena conhecer algumas delas!

O Brasil, sem dúvida é campeão na organização de festas populares! Como tem uma área territorial extensa e cada região apresenta características diferenciadas, há muito que festejar! Veja só:

Bumba-meu-Boi ou Boi-Bumbá: é a festa mais popular no estado do Maranhão. Acontece entre os meses de junho e julho e leva pessoas de todas as idades para a rua. Essa festa é tradicional desde o Séc. XVIII e, conforme conta a lenda, tudo começou quando um escravo chamado Pai Francisco teve que ressuscitar o boi mais bonito que tinha sido morto, por ele mesmo, para satisfazer o desejo de sua esposa que estava grávida. Isso rendeu muitos problemas para ele porque o boi era de seu patrão. Essa história virou brincadeira e depois se transformou em uma festa tão famosa que pessoas de todos os cantos para participar. Saiba mais sobre essa festa aqui.

Festa do Divino: é uma festa relacionada à igreja católica que acontece em várias regiões do Brasil, sendo as características são diferentes de uma região para a outra. Esta festa é realizada no domingo de Pentecostes, que é a simbologia da igreja que representa a descida do Espírito Santo nos apóstolos de Jesus. Fazem parte da festa as missas católicas, procissões, novenas e shows com fogos de artifício. O símbolo dessa festa é a pomba branca, que representa o Espírito Santo.

Cavalhada: esta festa tem características trazidas da Europa, e inclui apresentação de cavalos, corridas de cavaleiros, jogos e brincadeiras diversas. É uma festa característica dos estados de Minas Gerais, Bahia e Goiás.

Festa de Paritins: é uma festa folclórica realizada todos os anos no último fim de semana de junho na cidade de Parintins, Amazonas. O motivo da festa é a apresentação de duas associações (ou grupos): o Boi Garantido, de cor vermelha, e o Boi Caprichoso, de cor azul. Existe até um Bumbódromo especial para essa festa que chega a ter 35 mil espectadores. São três noites de apresentação em que os dois bois exploram as temáticas regionais como lendas, rituais indígenas e costumes dos ribeirinhos através de alegorias e encenações. O Festival de Parintins se tornou um dos maiores divulgadores da cultura local. Essa festa ocorre desde 1965. Conheça mais sobre essa festa seguindo por aqui.

Festas Juninas: ocorrem praticamente em todo país no mês de junho. São caracterizadas por danças, comidas típicas, bandeirinhas, barracas com jogos, etc. Geralmente tem início no dia 12 de Junho, véspera do dia de Santo Antônio e encerra no dia 29, dia de São Pedro. O ponto mais elevado da festa ocorre nos dias 23 e 24, o dia de São João. Durante os festejos acontecem quadrilhas, forrós, leilões, bingos e casamentos caipiras. Essa tradição de comemorar o dia de São João veio de Portugal, onde as festas são conhecidas pelo nome de santos populares. Na região Nordeste essas festas são bem animadas! Muitos dizem que não perdem nem para o Carnaval.

Carnaval: não dá para esquecer dessa festa que é muito, mais muito popular mesmo no Brasil. Há Carnaval em várias partes do mundo, mas muitos dizem que nenhum ganha do nosso! Ele tem origem nas celebrações da colheita dos povos da Antiguidade. Chegou até o Brasil através dos portugueses e aqui chegou para ficar, pois combina com o ritmo alegre e festeiro dos brasileiros. Há muito que conhecer sobre o Carnaval, por isso o mais indicado é que você siga por aqui.

Folia de Reis: ocorre em várias cidades do país, mas as de Sabará, Minas Gerais e Parati (Rio de Janeiro) são as mais conhecidas. Durante os dias entre o Natal e o Dia de Reis (6 de janeiro), grupos de músicos andam pelas ruas da cidade, cantando canções que fazem referência à viagem dos reis magos em direção a Belém.

Em vários países do mundo as festas populares também seguem “à todo vapor”…

Festival Yi Peng e Loi Krathong, Tailândia: para homenagear Buda, todo mês de novembro ocorre o Festival das Luzes (Yi Peng) e o Festival das Lanternas (Loi Krathong) no primeiro as lanternas são soltas no ar e no segundo em barcos. Acontecem em várias cidades e os participantes aproveitam para fazer pedidos especiais.

Las Fallas, Valência - Espanha: é um festival que começa no dia 1° de março, com a preparação de enormes estátuas e alegorias, conhecidas como fallas, feitas em madeira, papelão e outros materiais, que disputam um concurso de arte e são expostas nas ruas de toda a cidade entre os dias 15 e 19. O ponto alto do evento ocorre na noite de San José, no dia 19, quando os participantes incendeiam as fallas, criando um grande fogaréu pelas ruas.

Mardi Gras,** New Orleans - Estados Unidos:** é o carnaval de New Orleans, cuja tradução é “terça gorda”. A festa que começou em Louisiana em 1699, foi trazida pelos colonizadores franceses. A festa tem cores significativas: roxa, que representa a justiça, dourada, que é o poder, e verde para a fé. O Madri Gras inclui desfile de carros alegóricos, hinos de carnaval e muitas máscaras de gesso, fantasias e colares de contas.

Holi, Índia: é a festa das cores que começa em março e marca o início da primavera na Índia. É uma das festividades mais importantes do país e, segundo a tradição hindu, comemora a vitória do bem sobre o mal. Durante a celebração, as pessoas se pintam e atiram umas nas outras um pó colorido chamado de “gulal”, unindo pessoas de diferentes castas, religiões, origens e classes sociais, com o único objetivo de se divertirem e comemorarem a chegada da primavera.

Fasnacht, Suíça: é o Carnaval da Suíça, considerado a maior festa do país. Tem como característica o desfile de 20 mil foliões mascarados desfilando pelas ruas, além de grupos de gaiteiros e bateristas também fantasiados. A folia começa às 4 da manhã de uma segunda-feira de Carnaval e acaba somente após a quarta-feira de cinzas.

Dá vontade de participar de todas, não é mesmo?!?!?!

Curiosidade

Na Europa antiga, bem antes do descobrimento do Brasil, já aconteciam festas populares durante o solstício de verão, que marcavam o início da colheita. Nelas, ofereciam-se comidas, bebidas e animais aos vários deuses em que o povo acreditava. Um deles era Juno, esposa de Júpiter, que era considerada a deusa da fertilidade. Nessas festas, chamadas “junônias”, as pessoas dançavam e faziam fogueiras para espantar os maus espíritos. (fonte: Guia dos Curiosos)

Dicas para o Professor

Há muitas curiosidades nas festas populares brasileiras e também nas internacionais, que vale a pena ser aprofundada com os alunos. Para que eles tenham essa oportunidade, organiza uma pesquisa em grupos, distribuindo um evento para cada grupo para que eles procurem informações detalhadas sobre cada uma delas.

Ao final poderão apresentar os resultados através de um painel ilustrativo ou mesmo com uma breve dramatização de cada uma delas pelos grupos. Vale a pena também pesquisar as festas populares que ocorrem na sua cidade, fazendo com que os alunos busquem a história por trás de cada uma delas e possam trocar informações.

Em nosso site você encontrará também muitas atividades que poderão enriquecer sua aula sobre festas populares. Aproveite!

Bom trabalho!