Hidrografia

Hidrografia

Você sabe quais são os principais rios de sua cidade? Sabe qual a importância deles? A partir de agora você vai entender tudo isso, estudando a hidrografia.

Pois é, a hidrografia é a área da Geografia que estuda como estão distribuídas as águas do planeta, seja nos rios, mares, oceanos, lagos, geleiras e água do subsolo.

A maior parte da reserva de água no mundo, que representa mais de 97%, concentra-se em oceanos e mares. Já as águas continentais representam pouco mais de 2% da água do planeta.

Existem muitos rios importantes no planeta, mas é importante destacar que o Brasil tem um dos maiores complexos hidrográficos do mundo, pois possui rios com grandes extensões, larguras e profundidades. Outra característica importante é que nosso país possui 8% de toda a água doce que está na superfície da Terra.

Existem áreas onde ocorre a drenagem, ou seja, o escoamento da água das chuvas para um determinado curso de água, geralmente um rio, essas áreas são chamadas de bacias hidrográficas, assim, ela é formada por um ou mais rios principais e um conjunto de afluentes que deságuam nesse rio principal.

Vamos conhecer agora as principais bacias hidrográficas do Brasil:

Bacia Amazônica

  • Localizada na região norte do Brasil, é a maior bacia hidrográfica do mundo, possuindo 7 milhões de quilômetros quadrados de extensão;
  • O rio principal desta bacia é o Amazonas que nasce no Peru e depois percorre o território brasileiro;
  • Fazem parte desta bacia diversos afluentes do rio Amazonas como, por exemplo, rio Negro, Solimões, Branco, Juruá, Xingu, Japurá, entre outros.

Bacia do rio Paraná

  • Possui uma extensão de, aproximadamente, 800 mil quilômetros quadrados;
  • Localiza-se em grande parte na região sudeste e sul do Brasil;
  • O principal rio é o Paraná que recebe as águas de diversos afluentes como, por exemplo, rio Tietê, Paranapanema e Grande:
  • Possui grande potencial gerador de energia elétrica. Nesta bacia encontram-se as usinas hidrelétricas de Itaipu, considerada a maior do Brasil;
  • A hidrovia Tietê-Paraná é uma importante rota de navegação nesta bacia.

Bacia do rio Paraguai

  • O principal rio desta Bacia é o Paraguai;
  • Grande parte desta bacia estende-se pela planície do Pantanal Mato-Grossense;
  • Os rios desta bacia são muito usados para a navegação.

Bacia do rio Parnaíba

  • Localiza-se na região nordeste, entre os estados do Ceará, Maranhão e Piauí;
  • Possui, aproximadamente, 340 mil quilômetros quadrados de extensão;
  • O principal rio é o Parnaíba que recebe as águas de diversos afluentes, sendo que os principais são: rios Gurguéia, Balsas, Uruçuí-Preto, Poti, Canindé e Longa;
  • A principal atividade econômica desenvolvida no rio Parnaíba é a piscicultura (criação de peixes).

Bacia do Araguaia-Tocantins

  • Localiza-se nas regiões central e norte do Brasil, entre os estados de Tocantins, Goiás, Pará e Mato Grosso do Sul;
  • Os dois rios principais que fazem parte desta bacia são o Araguaia e o Tocantins;
  • O rio Tocantins possui bom potencial hidrelétrico, sendo que nele está instalada a usina de Tucuruí.

Bacia do rio São Francisco

  • Localiza-se em grande parte em território do Nordeste, entre os estados da Bahia, Sergipe e Alagoas. Porém, o trecho inicial da bacia está localizado no norte de Minas Gerais;
  • Possui uma área de, aproximadamente, 650 mil quilômetros quadrados de extensão;
  • O rio São Francisco é muito importante para a irrigação de terras em seu percurso e também para a navegação;
  • Os principais afluentes do São Francisco são: rios Pardo, Ariranha, Grande e das Velhas.

Bacia do rio Uruguai

  • Situada na região sul do Brasil, esta bacia estende-se também pelo território do Uruguai; - Possui cerca de 180 mil quilômetros quadrados de extensão;
  • Esta bacia apresenta importante potencial hidrelétrico, além de ser usado para a irrigação nas atividades agrícolas.

Bacia do rio Paraíba do Sul

  • Localiza-se na região sudeste, entre os estados de São Paulo e Rio de Janeiro (maior parte);
  • Sua extensão é de, aproximadamente, 300 mil quilômetros quadrados;
  • O principal rio desta bacia é o Paraíba do Sul.

Partes de um Rio

Nascente é o local onde se inicia um curso de água, que pode ser um rio, ribeirão, riacho, independente de seu tamanho.

Leito é o espaço que pode ser ocupado pelas águas.

Margem é o local onde a água se encontra com a terra, assim, é um termo usado para referir à beira da água de um rio, de uma lagoa, de um lago com terra.

Foz é como é denominado o local onde uma corrente de água, como um rio, desagua. Sendo assim, um rio pode ter como foz um outro rio, um grande lago, uma lagoa, um mar ou mesmo o oceano.

Afluente é o nome dado aos rios menores que deságuam em rios principais.

Principais Rios

Veja as características de alguns dos principais rios do planeta:

Rio Amazonas, Brasil: possui 6 868 km de extensão, além disso, detém um grande volume de água, o que o torna o maior rio do mundo. O Amazonas nasce na Cordilheira dos Andes (Peru), recebe águas de diversos afluentes e desemboca no Oceano Atlântico, no litoral norte do Brasil.

Rio Nilo, Egito: possui 6 627,15 km de extensão, o que lhe dá a condição de segundo maior rio do mundo. O Nilo é muito importante para os países que são cortados por ele (Uganda, Tanzânia, Ruanda, Quênia, República Democrática do Congo, Burundi, Sudão, Etiópia e Egito).

Mississipi, Estados Unidos: com uma extensão de 3 734 km, sem dúvida é o mais importante rio dos Estados Unidos.

Rio Paraná, Brasil: percorre 2 570 km, é um dos mais importantes rios do país e suas águas abastecem a hidrelétrica de Itaipu, responsável por fornecer energia elétrica para grande parte do território brasileiro e para a totalidade do Paraguai.

Rio Volga, Rússia: desempenha um importante papel como via de navegação dentro do continente europeu. O rio possui 3 688 km, o que faz com que ele seja o maior do continente. O Volga desemboca no Mar Cáspio.

Rio Ganges, Índia: possui uma extensão de aproximadamente 3000 km. É considerado sagrado pelos indus.

Rio Yang-Tsé ou Azul. China: percorre cerca de 6 300 km até desembocar no mar da China Oriental. Devido à sua grande extensão, o rio corta praticamente todo o território chinês no sentido oeste-leste.

Rio Congo, África: percorre aproximadamente 4 700 km, está entre os maiores do mundo, mas quanto ao volume de água, é o segundo em escala mundial. O percurso desse rio se dá no meio da floresta equatorial do continente africano, onde há uma grande incidência de chuvas, fator que resulta na característica de rio caudaloso.

Rio Tigre, Turquia: percorre cerca de 1 900 km. É muito importante para todo o Oriente Médio, uma vez que a região convive com o problema da escassez de água.

Importância dos Rios

Praticamente todos os seres vivos, dependem dos rios para a sobrevivência, inclusive a espécie humana. Mesmo quem vive longe deles depende da água que chega em casa para beber, cozinhar, lavar, conservar alimentos, etc.

Além disso é essencial para navegação, pois os rios são usados para transporte de pessoas e também de carga, para a irrigação de plantações e criação de animais, gerar energia e fonte de alimento através da pesca.

Portanto, cuidar da qualidade da água dos rios é fundamental para a sobrevivência do planeta.

Ciclo da Água

A água circula em nosso planeta, passando por diferentes estados. Saiba mais sobre esse ciclo aqui.

Curiosidade

O rio Negro é um dos maiores afluentes do rio Amazonas e tem sua origem na Colômbia. Recebe esse nome porque sua água é escura em consequência da decomposição da matéria orgânica de pântanos que ficam nos seus arredores e de lama.

A acidez das águas é forte, por isso os insetos não proliferam, assim não há mosquitos na região. Nas proximidades de Manaus, o rio Negro encontra-se com o rio Solimões, formando o Encontro das Águas, onde as águas barrentas do Solimões não se misturam com as águas do rio Negro. Depois da união dos dois rios, passam a receber o nome de rio Amazonas, em território brasileiro.

Dicas para o Professor

Há muitos temas para explorar quando se fala de hidrografia, assim, é possível realizar um trabalho interdisciplinar: começando pelo professor de Geografia, que organizar grupos que façam a maquete das principais bacias hidrográficas do Brasil; o professor de Ciências pode orientar uma pesquisa sobre as características de saúde das populações ribeirinhas, sendo que os resultados deverão ser apresentados através de slides com fotos; o professor de Matemática poderá trabalhar com dados estatísticos a respeito das características das bacias hidrográficas; o professor de Português e Artes podem direcionar a pesquisa para as questões culturais relacionadas à população ribeirinha.

Como resultado desse trabalho é importante realizar uma mostra que dará uma boa visão sobre a importância dos rios e como é a vida em torno deles.

Em nosso site você encontrará muitas atividades para embasar essas pesquisas.

Bom trabalho!