Imigração no Brasil

Imigração no BrasilNo início do Século XVI imigrantes vindos de diversos países começam
a chegar ao Brasil na expectativa
de construir uma vida nova, atraídos
pelas riquezas de um país recém-descoberto. Com eles chegaram também seus sonhos, sua cultura e
um modo de ser muito diferente do
que estávamos acostumados.
Daí surge a diversidade da qual nosso país é formado…

Distribuição dos Imigrantes

No que se refere à distribuição de imigrantes no país, distinguem-se dois grupos: o primeiro, chamado de concentração , em que os imigrantes, ao chegarem, isolam-se em colônias , quase sem nenhum contato com os habitantes locais. A formação de colônias foi mais comum nos estados do Sul - Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, sendo que esse quadro só mudaria com a necessidade de comercialização do que era produzido dentro das colônias.

Já o segundo tipo, chamado de dispersão , ocorreu basicamente no Sudeste - Rio e São Paulo, nas fazendas de café. Nessas áreas, o imigrante, desde a chegada, mantinha-se em contato com a população local.

Os principais grupos de imigrantes no Brasil são formados por portugueses , italianos , espanhóis , alemães e japoneses.

Muitas contribuições

Os imigrantes contribuíram de diversas formas no desenvolvimento do país, entre elas podemos destacar: o processo de urbanização , com a transformação de antigos povoados em cidades; o desenvolvimento de atividades de comércio ou prestação de serviços e venda ambulante nas ruas; introdução de técnicas agrícolas mais avançadas e diversificação de produtos; introdução de técnicas e atividades que se difundiram, principalmente, no que se refere à industrialização; aplicação de capital nos setores produtivos etc.

Foram chegando aos poucos…

A imigração portuguesa sempre foi a mais significativa, justamente por terem, os portugueses, descoberto o Brasil, e pelas estreitas relações econômicas e comerciais que sempre existiram. Os registros apontam para o Século XVIII, a época da chegada dos primeiros portugueses ao Brasil, e muito de nossa cultura tem influência dessa imigração.

Em segundo lugar vem a imigração italiana , concentrada principalmente no estado de São Paulo. Os imigrantes italianos trouxeram sua culinária deliciosa e influenciaram também de forma significativa no estilo arquitetônico.

Fatores socioeconômicos como a pobreza e o desemprego no campo foram os principais motivos da imigração espanhola para o Brasil, que teve inicio na década de 1880.

A imigração alemã aconteceu desde a época do império, com o objetivo de povoar regiões desabitadas do Brasil - essencialmente o sul, sujeito a invasões e guerras constantes. Além disso,o objetivo também era trazer soldados estrangeiros para o exército brasileiro.

Já a imigração japonesa começou somente no inicio do século XX, através de um acordo entre o governo japonês e o brasileiro, para suprir a necessidade dos dois países:oJapão passava por uma situação de excesso populacional, enquanto que o Brasil necessitava de mão de obra para a lavoura do café.

Curiosidade

Realmente, a culinária italiana veio para ficar! Veja o exemplo do panetone, o bolo recheado de frutas e uvas secas, que é uma tradição do Natal italiano. Ele foi criado na cidade de Milão, não se sabe ao certo por quem. No Brasil, a tradição surgiu depois da Segunda Guerra Mundial, com a chegada dos imigrantes italianos, queresolveram fazer por aqui o mesmo panetone consumido por eles na Itália, na época de Natal. Grande ideia, não?!?!
(fonte: Guia dos Curiosos)