Independência do Brasil: Personagens

Independência do Brasil
Todos os eventos que desencadearam a Independência do Brasil, ocorrida em 7 de setembro de 1822 , tiveram a participação de personalidades importantes, algumas lembradas com mais frequência e outras nem tanto, mas todas entraram para história em um momento determinante para a nação.

Cronologia da Independência

Um fato histórico como a Independência do Brasil não acontece de um dia para o outro, por isso, vale a pena compreender os eventos principais:

1808 - A Família Real chega ao Brasil: Brasil deixa de ser colônia e D. João VI autoriza a abertura dos portos que atende ao interesse da elite agrária, delineando nova condição econômica.

1820 - Revolução Constitucionalista e Revolução Liberal do Porto: aristocratas portugueses percebem que estavam perdendo espaço no cenário político e tentam reverter a situação,   culminando em uma revolução constitucionalista em Portugal. Outro movimento significativo foi  a Revolução Liberal do Porto, com o objetivo reestruturar a soberania política portuguesa no Brasil, inclusive levando novamente à condição de colônia, por meio de uma reforma liberal que limitaria os poderes do rei.

1821 – Retorno de D. João VI à Portugal: temendo perder sua autoridade real, D. João voltou para Portugal e nomeou seu filho, Dom Pedro I, como príncipe regente do Brasil. Até o final deste ano D. Pedro I já tinha consciência das intenções do governo português e passou a tomar medidas à favor do povo brasileiro, ganhando prestígio, tornando ainda mais desgastante o relacionamento com Portugal, que passou a fazer pressão para que o príncipe voltasse para Portugal.

1822 – Independência do Brasil: em janeiro deste ano D. Pedro I recebeu um abaixo-assinado pedindo que ficasse. Ele atendeu ao desejo do povo declarando: “Como é para o bem de todos e felicidade geral da nação diga ao povo que fico”. Dom Pedro I reafirmou sua permanência no cenário político brasileiro e atendeu aos interesses dos ricos fazendeiros brasileiros e esse dia passou a ser conhecido em nossa história como o Dia do Fico. Cada vez mais a relação com Portugal estava insustentável até que em 7 de setembro deste ano D. Pedro I declara a Independência do Brasil às margens do rio Ipiranga, em São Paulo.

Principais Personalidades da Independência

Algumas personalidades tiveram papel fundamental no cenário da Independência do Brasil, algumas delas, sem muito destaque na história, mas que contribuíram significativamente para esse movimento. Vamos conhecer algumas delas:

Imperatriz Leopoldina: esposa de D. Pedro I, nascida em Viena - Áustria, chega ao Brasil em 1817. Adaptou-se rapidamente à nova terra e logo passa a ser simpatizante do projeto de libertar a colônia de Portugal. Em 1821 conhece José Bonifácio, grande defensor da independência e crítico do absolutismo, de quem se torna muito próxima. Em agosto de 1822 exerce a regência na ausência do príncipe, que se encontrava em São Paulo. Nessa ocasião, envia-lhe papéis e comentários vindos da metrópole, que fazem crítica a sua atuação. Junta a isso uma carta de José Bonifácio e outra de sua própria autoria, ambas exigindo uma atitude imediata do príncipe herdeiro no sentido de proclamar a independência.

José Bonifácio: considerado patriarca da independência, lutou como soldado contra as tropas de Napoleão, foi secretário da Academia de Ciências de Lisboa, foi vice-presidente da província de São Paulo e Ministro do Príncipe Regente D. Pedro.

Deputado Monsenhor Francisco Moniz Tavares (PE): é o primeiro representante brasileiro eleito a fazer uso da palavra, nas “Cortes Gerais, Extraordinárias e Constituintes da Nação Portuguesa”, em Lisboa. Este deputado faz um discurso corajoso e patriótico, combatendo o envio de mais tropas para a Província de Pernambuco para conter a revolta popular.

Pedro de Araújo Lima: político conservador, também fez parte das cortes portuguesas e concordou em assinar a Constituição, considerada perigosa aos interesses do Brasil. Mesmo assim, quando regressou ao Brasil, 1823, já estava eleito para a Assembleia Constituinte convocada por D. Pedro I. Teve grande influência no meio político brasieliro.

Cipriano José Barata de Almeida: apesar de ter formação em medicina, atuou como jornalista político, sendo uma personalidade marcante no primeiro reinado. Tinha ideias liberais, movimentou a opinião pública, propagou o liberalismo e combateu a escravidão. Considerado traidor pelos defensores do trono, participou da Inconfidência Baiana de 1798, movimento que mostrava a insatisfação do povo frente ao domínio português.

Diogo Antônio Feijó: em 1821, foi eleito deputado por São Paulo nas Cortes de Lisboa, onde fez um corajoso discurso em favor da independência do Brasil. Teve papel importante também depois da independência, como membro da Câmara Municipal de Itu - SP, onde aprovou uma moção contra a Constituição de 1824, imposta pelo imperador com a intenção de estabelecer uma Monarquia Absolutista.

Visconde de Pirajá: envolve-se nas primeiras conspirações para a Independência do Brasil, lutando bravamente contra as tropas portuguesas. D. Pedro I reconheceu os serviços prestados à Pátria e concedeu-lhe o título de “Visconce de Pirajá”.

Curiosidade

 

A Imperatriz Leopoldina foi a primeira imperatriz brasileira. O casamento com D. Pedro I foi feito por procuração, assim, a noiva só conheceu seu marido depois do casamento, que tinha objetivos políticos e econômicos para tanto para o Brasil como para a Áustria, país de origem da imperatriz.

Dicas de Atividades

Uma forma de estudar a Independência do Brasil é através das personalidades que traçaram o caminho para independência e para isso você pode organizar os alunos em grupos, sendo que cada grupo ficará responsável por pesquisar sobre uma das personalidades envolvidas.

Em nosso site há informações sobre as principais personalidades envolvidas e os alunos podem aprofundar as pesquisas em enciclopédias e sites para depois apresentá-las à turma.

Para que os alunos possam entender os eventos que levaram à Independência do Brasil de forma lúdica através do jogo “1822”, que é bem interessante.

Aproveite também as outras atividades de nosso site e bom trabalho!