Morcegos

Morcegos

Pode parecer estranho, mas os morcegos fazem parte da mesma família dos cachorros, gatos e de nós, seres humanos!!!! Pois é, os morcegos são animais pertencentes à grande classe dos mamíferos e são os únicos que sabem voar! Além dessa característica, tem outras peculiares:

  • Seu esqueleto tem diferença fundamental, pois os ossos dos dedos são muito mais compridos e é uma membrana chamada patágio que une todos os dedos das mãos. Entre outras coisas, essa membrana serve para aquecer os morcegos durante o tempo frio. Eles ficam enrolados na membrana para se manter quentes;

  • Voam no escuro com a maior tranquilidade porque se orientam por um mecanismo chamado “ecolocalização” ou “sonar dos morcegos” , que funciona da seguinte forma: eles emitem gritos, ondas de altíssima frequência, inaudíveis pelo homem, que são emitidos pela boca ou pelas narinas. Quando este ultrassom atinge um objeto, é refletido em forma de eco e captado pelos ouvidos dos morcegos que, assim, conseguem identificar, quando estão voando, a natureza do ambiente que os circunda, bem como a forma e dimensão do objeto;

  • Procuram lugares silenciosos e que não tenham muito movimento para morar. Por isso eles são sempre encontrados em grutas, minas, cavidades de árvores, telhados de casas etc.;

  • Têm hábitos noturnos . Então, enquanto o sol está brilhando no céu, eles estão bem escondidos, descansando, mas fazem isso pendurados de cabeça para baixo. Não é uma simples “mania”, mas tem uma razão: eles não conseguem alçar voo de locais baixos, pois suas asas não dão impulso suficiente e também suas patas traseiras são tão pequenas e subdesenvolvidas que não conseguem correr para obter a velocidade necessária para a decolagem.

Morcegos são “do bem”…

Os morcegos são mal vistos por nós, humanos, principalmente pelas lendas dos vampiros e porque existem realmente algumas espécies que se alimentam de sangue, mas não são caçadores de seres humanos, que estão sedentos por sangue. Também é importante mencionar que existem poucas espécies desse tipo – no Brasil apenas três e, além disso, suas vítimas são geralmente animais que estão mais vulneráveis, como vacas e ovelhas que ficam em pastos. Além disso, as espécies hematófagas precisam de apenas duas colheres de sangue para saciar a fome, o que não faria uma pessoa morrer por esse motivo. Mas, como todo animal, tem que se ter cuidado, pois ele pode transmitir a raiva pela sua mordida.

De modo geral os morcegos prestam um grande serviço à natureza, pois são predadores naturais de insetos, pequenos vertebrados e peixes, fazendo o controle natural dessas espécies. 

Alimentação variada…

Quanto à alimentação, os morcegos são classificados como:

Insetívoros: alimentam-se de insetos (mosquitos, mariposas, besouros, baratas e outros), capturando-os em pleno voo.

Polinívoros/Nectarívoros: alimentam-se de néctar, pólen e, às vezes de parte florais.

Frugívoros: alimentam-se de frutas.

Carnívoros: alimentam-se peixes, rãs, camundongos, aves e outros morcegos.

Piscívoros: os morcegos piscívoros alimentam principalmente de peixes, mas inclui também em sua dieta crustáceos e insetos.

Hematófagos: os morcegos hematófagos alimentam exclusivamente de sangue.

 

Homem-morcego…

Quem já ouviu falar no homem-morcego, o famoso Batman!?!?

Este personagem tão famoso de filmes, desenhos e histórias em quadrinhos é o único entre todos os super-heróis que não tem superpoderes. É um ser humano comum e para pegar os bandidos utiliza suas habilidades intelectuais, físicas e investigatórias, além de tecnologia e muito dinheiro em sua guerra contra o crime.

Ele usa uma roupa de morcego porque, quando criança tinha muito medo de morcegos e queria que os bandidos compartilhassem do mesmo medo.

Que bom se fosse verdade, não é mesmo???

 

Curiosidades

  • Quando precisam, são excelentes nadadores;

  • Algumas espécies têm pelagem clara;

  • Um morcego insetívoro de apenas 4 gramas pode devorar até 200 insetos em uma única noite;

  • Em alguns países as pessoas constroem casinhas para morcegos no quintal, assim como nós construímos para passarinhos;

  • Ao contrário do que se pensa, os morcegos não são cegos, eles possuem uma boa visão;

  • No século passado, as fezes dos morcegos foram largamente utilizadas para fabricação de pólvora.