Reis e Rainhas

Reis e RainhasSe você pensa que reis e rainhas só
existem nos contos de fadas está muito enganado… Eles vivem em um mundo
bem real e um pouco diferente do que conhecemos nas histórias.

Pois é, existem muitos países ao redor
do mundo que tem reis ou rainhas como governantes porque adotam a monarquia como forma de governo em que apenas
um cidadão governa o país como chefe de Estado, de maneira vitalícia ou até sua abdicação, ou seja, desistência do cargo.

O apogeu da monarquia foi na Idade
Média, mas a história nos mostra que existiam sistemas monárquicos de
governo desde 31 a.C.

Ao final da Idade Média com os movimentos socais ficando cada vez mais comuns e principalmente pelo movimento que culminou na Revolução Francesa  e em seguida com o surgimento da república, essa forma de governo foi perdendo força e entrando em decadência.

Com relação à atuação e ao poder exercido pelos monarcas, a história nos mostra que o sistema que operava no início era as monarquias absolutas em que o rei ou a rainha tinham poderes absolutos e nada se fazia sem seu consentimento. Este tipo de monarquia é chamada de absolutita. Até hoje podemos encontrar essa forma de governo em alguns países, como por exemplo, na Arábia Saudita, Qatar e Vaticano.

Existe também a monarquia constitucional , sistema em que o monarca é uma figura apenas representativa, sujeita à Constituição estabelecida no país. A soberania do monarca é formalmente aplicada em nome da Coroa, mas politicamente está sujeita à vontade do povo (eleitorado), representado pelo parlamento ou outra legislatura. Os Monarcas constitucionais possuem pouco poder político real, e são constituídos pela tradição, opinião popular, ou por códigos legais e estatutos. Eles servem como símbolos de continuidade e de Estado e atuam como líderes de opinião, representantes do país no estrangeiro, e em funções cerimoniais. O Reino Unido é um exemplo de monarquia constitucional da atualidade.

Para pesquisar saber quais são as monarquias da atualidade. Clique aqui!

Conheça alguns monarcas que fizeram história:

Cleopatra: rainha egípcia muito vaidosa e ambiciosa, usava seu poder de sedução para alcançar seus objetivos.

Luís XIV: rei francês que exerceu o poder por 72 anos deixando muitas marcas tanto pelas suas conquistas como pela importância que dava à cultura, principalmente o balé, a ópera, o teatro, a pintura e a arquitetura.

Carlos Magno: destacou-se pelo por ser um guerreiro valente e por sua habilidade política, realizando sucessivas campanhas militares que lhe valeram o renome de maior soberano da Europa medieval.

Alexandre: chamado de Alexandre, O Grande, foi responsável por uma das maiores campanhas expansionistas da história. Em 12 anos (de 335 a.C. a 323 a.C.), conquistou 90% do mundo conhecido, sendo que suas conquistas abrangeram o Egito, a Mesopotâmia, a Pérsia e o Afeganistão.

Curiosidades

Em um jantar normal, o rei Luís XIV comia 4 pratos de sopa, dois faisões inteiros, 2 pedaços de presunto, 1 salada, carne de cabrito com alho, frutas, doces e 1 ovo cozido. Depois que ele morreu, descobriu-se que seu estômago era 2 vezes maior que um estômago normal.
(fonte: Guia dos Curiosos)